• Messala Ciulla

9 Tipos de Logos: Saiba qual é a Melhor Opção para Você


O logo é uma parte orgânica e fundamental da identidade da sua marca. Ele é responsável por várias funções importantes que podem vir a determinar o sucesso da sua empresa. É, geralmente, a primeira coisa que seus clientes veem quando conhecem sua marca. Um ícone apropriadamente projetado passa uma imagem profissional aos seus documentos corporativos, uniformes, folhetos e outros itens onde a sua marca pode estar presente.

Existe ainda uma discussão sobre qual o termo correto que deve ser utilizado (logo, logotipo ou logomarca). Eu prefiro usar o termo "logo".

s.m. Representação gráfica que traduz um conceito (significado) atrelado a uma marca, caracterizando e representando um produto ou empresa; Etimologia: Logo, do grego logos, "significado"

Aqui, você aprenderá sobre os tipos de logo usados por empresas modernas, devidamente ilustrados para ajudar você a visualizar cada tipo. Você descobrirá qual ícone é o melhor para sua empresa.

Tipos de Logo

Logos vêm em todas as formas e tamanhos imagináveis. Você pode vê-los em caixas de suco, etiquetas de jeans, carros, anúncios e em muitos outros lugares. Hoje, falaremos sobre os tipos de logos, bem como, suas vantagens e desvantagens.

Aqui estão os 9 tipos comuns:

  • Logotipo

  • Caligráfico

  • Sigla

  • Monograma

  • Símbolo

  • Mascote

  • Abstrato

  • Emblema

  • Combinado


1. Logotipo

Um logotipo apresenta apenas o nome da entidade que ele representa. O nome desta variação vem da tipografia. Que é processo de impressão de textos, onde se usam formas em relevo denominadas clichês.

Portanto, em um logotipo, você não verá símbolos, padrões gráficos ou emblemas. Esse tipo de logotipo é uma maneira ideal de permitir que seu público saiba como sua empresa é chamada.

O logotipo do Google é um bom exemplo. Projetado em 1997, e remodelado em 2014, o seu design minimalista é simples, arejado e facilmente reconhecido, seja pelo seu design ou pelas suas cores.

O logo do Google foi reformulado, mas não perdeu a essência original.

2. Caligráfico

Assim como no exemplo anterior, esse tipo de logo trás apenas o nome da empresa. Não fazendo uso de símbolos ou emblemas. A grande (e única) diferença aqui são os caracteres utilizados. Enquanto o logotipo usa caracteres que remetem aos blocos móveis usados no processo de gravura, o logo caligráfico faz referência a caligrafia, letras desenhadas à mão.

Logos caligráficas são uma boa opção para marcas que levam o nome de uma pessoa.

O exemplo mais conhecido dessa modalidade é o logo da Coca-cola. Desenhado em 1887, este logo preservou suas linhas com o passar dos anos se tornando uma referência em branding.


3. Sigla

Esta categoria não deixa de ser mais um tipo de logotipo. Entidades, conglomerados e órgãos estatais muitas vezes possuem nomes que são longos demais e geram problemas na hora de serem representados.

Curtas e concisas, as siglas são fáceis de reconhecer, visual e foneticamente. O canal de televisão a cabo Home Box Office optou por utilizar a sigla HBO como forma de simplificar e condensar o seu nome.

Letras são mais fáceis de memorizar que emblemas ou símbolos. A desvantagem desse tipo de logo é que ele pode acabar ficando apagado em relação aos seus concorrentes. Para evitar isso, é interessante buscar uma solução tipográfica única ou um efeito visual que faça o seu logo se destacar.

4. Monograma

Quem acompanha futebol está bem familiarizado com eles. Um monograma é o entrelaçamento gráfico de duas ou mais letras. Ele é frequentemente utilizado como uma forma de condensar uma sigla e um único bloco e pode resultar em um design interessante.

Muitos não sabem, mas o logo do Banco do Brasil é um monograma constituído de dois "b" entrelaçados.

5. Símbolo

Nesse tipo, um ícone ou ilustração não textual é o elemento central do logo. Qual é a primeira imagem que vem à sua mente quando você ouve falar do Twitter? E quanto à Apple? Os logos dessas marcas se tornaram símbolos autônomos que nos permitem identificar a marca sem precisar que o seu nome esteja expressamente escrito.

A maior vantagem da utilização de símbolos é a sua versatilidade e a rápida "leitura" que eles proporcionam.

O símbolo não precisa ter ligação direta com o produto ou serviço que o logo representa.

É importante lembrar que o sucesso de uma marca e o quanto o seu logo é conhecido não é mérito apenas do design. É com base em um extenso trabalho conjunto de marketing e branding que se criam marcas valiosas como a Apple.


6. Mascotes

Mascotes são muito utilizados na comunicação e são ótimos meios de gerar empatia com a marca. Além de animar torcidas, mascotes podem ser incorporados ao logo como forma de dar um ar mais ameno à comunicação corporativa.

O coronel Harland Sanders, dono da cadeia americana de lanchonetes Kentucky Fried Chicken, não pensou duas vezes antes de se colocar no logo da marca. Sincero e feliz, o coronel Sanders está sorrindo das embalagens e anúncios da KFC, convidando-nos a provar seu delicioso frango frito. Uma imagem assim estabelece imediatamente uma ligação emocional com os clientes, o que explica a popularidade da marca KFC em todo o mundo.

Mascotes são uma ótima opção para empresas que visam famílias e crianças. Se você possui uma lanchonete, uma escola ou um time esportivo, essa é definitivamente uma opção a ser considerada. É importante que você encontre um mascote que, além de gerar empatia, passe a mensagem que você quer atrelar à sua marca.


7. Abstrato

Abstrato é tudo aquilo que não está relacionado com a realidade percebida pela utilização dos sentidos. Desta forma, um logo abstrato não faz referência a um elemento concreto, o limite é a sua imaginação. Nessa categoria, o que é importa é a forma, ela irá passar a mensagem que a marca deseja comunicar de forma subjetiva. A adidas é um exemplo claro de logo abstrato. Ainda que possam ser atribuídos significados às formas criadas, este exemplo não remete diretamente a nada concreto. A vantagem aqui é justamente a liberdade criativa que você pode usufruir quando for trabalhar a marca em diferentes meios.

Por ter uma grande variedade de produtos, a Adidas precisa de uma marca que seja facilmente aplicada.

8. Emblema

Frequentemente usados por escolas, universidades, organizações sociais e agências estatais, emblemas , basicamente, apresentam uma ou mais palavras e um símbolo ou sinal dentro de uma forma geométrica.

Emblemas são usados a centenas de anos, sendo largamente utilizados na heráldica na concepção de brasões representando Estados, cidades ou famílias. Nestes brasões, os seus criadores buscam colocar símbolos que comuniquem os valores, ideais e conquistas que seus portadores defendem. Na comunicação empresarial não é diferente.

Emblemas normalmente dão um ar sério e tradicional para a comunicação

Outro exemplo que vale ser citado é o emblema da Harley-Davidson. Este fabricante de motocicletas ficou mundialmente famoso mesmo dentre pessoas que não são entusiastas de motociclismo como um símbolo de tradição e liberdade.

Este emblema transmite valores que transcendem a fabricação de motocicletas.

9. Combinado

Como o próprio nome sugere, um logo combinado é uma combinação dentre dois ou mais dos outros 8 tipos que você viu até agora. É evidente que não é preciso se ater a somente uma das categorias apresentadas na hora de criar o logo que vai representar o seu negócio.

No exemplo abaixo, nós temos dois elementos, um ícone e o nome da marca. Ambos têm características distintas que os diferenciam dos demais e são utilizados tanto separadamente como em conjunto.

Outro exemplo de um logo famoso onde você encontra vários elementos combinados é na Ferrari. Ele é um emblema, que trás um ícone (o cavalo rampante) e uma tipografia estilizada que é tão atrelada a identidade da marca quanto os outros dois elementos.

Mais do que carros esportivos, a Ferrari criou uma das marcas mais valiosas do mundo

Neste artigo, abordamos nove categorias de logo onde você pode enquadrar o seu negócio. Esta não é uma tarefa fácil e requer atenção aos detalhes e trabalho minucioso. Nessa hora, é importante ter um bom profissional para, além de desenhar o logo, te dar assessoria no processo de criação da marca.


82 visualizações

contato@robotpropaganda.com.br

Brasília-DF

2018 © Robot Propaganda - Todos os direitos reservados.

A Robot Propaganda nas redes sociais:

  • Instagram - White Circle
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle
  • LinkedIn - Círculo Branco